EUA: inflação fecha 2023 acima do esperado

Siga nosso Canal no Youtube
www.youtube.com/@radiopiranhas

O Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês), que mede a inflação nos Estados Unidos, terminou 2023 em 3,4%, conforme dados divulgados nesta quinta-feira, 11, pelo Departamento do Trabalho do governo americano.

Em dezembro, o índice avançou 0,3%, após alta de 0,1% em novembro.

Segundo o Financial Times, o resultado anual ficou acima do esperado, já que economistas projetavam um aumento de 3,2% no final de 2023.

Núcleo da inflação

O núcleo da inflação, que desconsidera as variações de alimentos e energia, ficou em 0,3% no mês, permanecendo estável ante novembro, e em 3,9% em 12 meses, abaixo dos 4% anteriores.

Essa é a primeira vez que o índice central da inflação americana ficou abaixo de 4% desde maio de 2021.

Juros

Aguardada com expectativa pelos investidores, a inflação americana deve continuar no foco do Federal Reserve (FED), órgão responsável por definir a taxa básica de juros no país, já que ela continua acima da meta.

Em dezembro de 2023, o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Banco Central americano manteve os juros básicos do país entre 5,25% e 5,5% ao ano, o maior patamar em 22 anos.

O último aumento da taxa básica de juros dos EUA ocorreu em julho de 2023, quando o Fed subiu a taxa em 0,25 ponto percentual. Das últimas 15 reuniões, o Fomc elevou os juros em 11.

A meta da inflação anual estabelecida pelo Federal Reserve é de 2%.

Inflação no Brasil

Também nesta quinta, 11, o IBGE divulgou os dados consolidados da inflação no Brasil. Segundo o instituto, o IPCA encerrou 2023 com alta acumulada de 4,62%.

Com o resultado, o indicador permaneceu dentro do intervalo da meta da inflação determinada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que era de 3,25%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo, ou seja, entre 1,75% e 4,75%.

Em dezembro, a inflação ficou em 0,56%, sexto mês seguido com taxas positivas.

De acordo com o IBGE, todos os nove grupos de produtos e serviços pesquisados avançaram, com destaque para alimentação e bebidas.

source
O Antagonista

Compartilhar:

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *