Governador em exercício do RJ diz que não há necessidade de retorno de Castro: “está nos trazendo orientações”

@radiopiranhas

Thiago Pampolha, atual governador em exercício do Rio de Janeiro, disse em entrevista à CNN neste domingo (14) não ver necessidade do retorno do titular Cláudio Castro, que está de férias, para administrar a crise de chuvas que causou estragos e deixou pelo menos dez mortos no estado.

Questionado sobre a possibilidade de volta de Cláudio Castro nos próximos dias, o vice-governador disse que “não tem a menor necessidade”. Na sequência, ele afirmou que Castro foi “uma das primeiras pessoas a mobilizar as equipes”.

“Ele, de lá, de onde ele está de férias, ligou para mim e para todos os secretários. Então, todas as mobilizações nasceram do pleito que os prefeitos foram fazendo para ele”, disse Pampolha.

“Vamos avaliar. O governador vai tomar a decisão se volta, se não volta, mas o que podemos passar de segurança para a população é que, ainda que fisicamente ele não esteja, ele está trabalhando desde a madrugada”, acrescentou.

“[Castro está] Nos trazendo orientações e direcionando nossas equipes para que a gente tenha essa segurança, de que todas as tomadas de decisão de um secretário estão com a retaguarda da decisão política e da liderança do governador Cláudio Castro”, completou o vice-governador.

Castro, por sua vez, afirmou nas redes sociais, ainda na noite de sábado (13), que estava em contato com os municípios. “Mesmo de férias, estou coordenando as secretarias e sigo em contato com as prefeituras para lidar com as intensas chuvas. A força-tarefa do Governo do Estado já está em andamento.”

Neste domingo, o governador publicou novas mensagens nas redes sociais, prestando solidariedade aos familiares das vítimas das chuvas. “Seguimos trabalhando incansavelmente para prestar toda a assistência e evitar mais perdas”, escreveu o governador.

*Publicado por Marcelo Freire

FOTOS – Veja imagens dos estragos causados pelas chuvas no RJ

 


source
Fonte: CNN

Compartilhar:

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *