João lamenta morte de gerente no Mangabeira Shopping e destaca papel da PM

O governador João Azevêdo (PSB) lamentou a morte da gerente Mayara Barros, de 37 anos, baleada por Luiz Carlos Rodrigues, de 47 anos, após ser recusado em uma entrevista de emprego num restaurante do Mangabeira Shopping.

João também destacou que a ação da Polícia Militar evitou uma tragédia ainda maior.

“Lamento profundamente a morte da gerente de loja, Mayara Valeria, nesse triste episódio que aconteceu no Mangabeira Shopping e chocou a todos nós. A solidariedade dos paraibanos a toda a família. Ressalto também a ação rápida da nossa polícia que evitou uma tragédia ainda maior”, disse o governador em seu perfil no X.

O caso
Um tiroteio foi registrada no início da tarde desta sexta-feira (12) no interior do Mangabeira Shopping, em João Pessoa. Os disparos foram efetuados na Praça de Alimentação. Conforme a Polícia Militar, o homem teria ido atacar uma funcionária que teria lhe barrado de uma entrevista de emprego.

A mulher foi atingida por dois tiros e não resistiu aos ferimentos, morrendo ainda no interior do shopping.

O homem de 47 anos foi levado para a Central de Polícia, no bairro Geisel, na Capital, onde aguardará os procedimento e esperar pela audiência de custódia.

LEIA MAIS:

Mangabeira Shopping emite nota após morte de gerente em restaurante


source
Paraiba.com.br

Compartilhar:

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *