Menores cometem mais da metade dos crimes de abuso sexual infantil no Reino Unido

@radiopiranhas

Dados oficiais da polícia britânica revelaram que mais da metade de todos os crimes de abuso sexual contra crianças no Reino Unido são cometidos por menores de idade.

As autoridades britânicas compilaram dados de 42 forças policiais de todas as regiões da Inglaterra e do País de Gales e concluíram que 52% dos quase 107 mil casos de abuso contra crianças registrados em 2022 tiveram como acusados crianças de 10 a 17 anos.

O estudo, chamado de Programa de Conhecimento e Prática de Vulnerabilidade, fez comparações com dados de 10 anos atrás. Em 2013, menores foram responsáveis por 30% dos casos de abusos sexuais de crianças no país.

O número total de casos aumenta a cada ano no país. Os dados de 2022 (os mais recentes à disposição das autoridades) mostraram um aumento de 7.6% em relação ao ano anterior –e mais de cinco vezes o total de 20 mil episódios registrados em 2013.

A grande maioria dos episódios está relacionada à produção e distribuição nas redes sociais de fotos indecentes. No entanto, mais 15% de todos os casos registrados foram de agressão sexual. Outros 12% foram registros de estupro de meninas com menos de 16 anos.

Para piorar ainda mais o quadro, os dados revelam aumentos tanto na distribuição ilegal de imagens como também em casos de agressão física.

Segundo a polícia, a esmagadora maioria dos casos envolve meninos menores de idade atacando meninas um pouco mais jovens do que eles. O fácil acesso à pornografia online e o aumento do uso dos telefones celulares, segundo a política, explicariam pelo menos parte do problema.

Ian Critchley, o líder nacional da polícia britânica para proteção das crianças, afirmou à imprensa local que “este é predominantemente um crime baseado no gênero, com meninos cometendo crimes contra meninas”.

“Acho que isso está sendo exacerbado pelo fácil acesso à pornografia violenta e também pela facilidade com que esse tipo de conteúdo é acessível aos meninos. eles acabam tendo uma percepção errada de que este é um comportamento normal, e que o mesmo tipo de coisa pode ser feito com outras pessoas”, disse ele.

O policial, no entanto, afirma que “o maior risco para as crianças continua vindo de adultos”. Segundo ele, os piores crimes contra as crianças são cometidos por maiores de idade.

A Agência Nacional de Combate ao Crime no Reino Unido estima que pelo menos 830 mil pessoas tenham sido fichadas pela polícia como abusadores de crianças.

source
Fonte: CNN

Compartilhar:

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *