União demitiu 40 servidores em 2023 por envolvimento em irregularidades

@radiopiranhas

O governo federal demitiu 40 servidores em 2023 por envolvimento em irregularidades. A informação é da Controladoria-Geral da União (CGU), que ao longo do ano passado julgou 64 processos desta natureza.

Entre os demitidos estão dois servidores investigados no âmbito da Operação Zero Um, deflagrada pela Polícia Federal, com o objetivo de apurar irregularidades praticadas por servidores do INSS, no estado do Amazonas.

Também foram responsabilizados três agentes públicos do Instituto Evandro Chagas investigados na Operação Parasita, acusados de fraudes a processos licitatórios destinados a aquisições de produtos laboratoriais.

Já um dos processos disciplinares instaurados a partir da Operação Onipresença, que investigou fraudes no Hospital Universitário de Florianópolis, culminou com a aplicação de uma demissão e três suspensões.

Um ex-servidor do Ministério da Saúde também foi demitido por irregularidades na estratégia logística que garantisse o recebimento de respiradores adquiridos pela pasta.

Em outro processo disciplinar relacionado à Saúde, mais três ex-servidores foram destituídos por irregularidades na aquisição de medicamentos de alto custo.

Na área de infraestrutura, quatro operações policiais geraram apurações disciplinares que resultaram em demissão de servidores.

A Operação Rota BR 090, para apuração de irregularidades no DNIT/MG, culminou com a exoneração de três servidores; a Operação Buracos, que apurou irregularidades nas regionais do DNIT no Acre e em Rondônia, resultou em seis agentes públicos expulsos; e as operações Grand Canyon e Minamata, ambas no âmbito do antigo Departamento Nacional de Produção Mineral (atual Agência Nacional de Mineração), com a dispensa de sete agentes públicos em três processos disciplinares.

Além disso, houve celebração de 11 termos de ajustamento de conduta com agentes públicos investigados em cinco processos administrativos disciplinares, e outros 17 no âmbito de nove investigações preliminares sumárias, totalizando 28 termos de ajustamento celebrados em 2023.

source
Fonte: CNN

Compartilhar:

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *